Bú! :-P

Categoria: Visita da Alegria

AjuntaMédica Hospitalar, com Nina Campos
AjuntaMédica Hospitalar, com Nina Campos

IMG-20180704-WA0007

Para esquentar o inverno e o mês de julho, convidamos ela, a palhaça que conhece bastante a respeito de humanidades, a sutileza nas relações, as conexões e suas potências realizadoras, a Nina Campos, da POP (Palhaços a Serviço das Pessoas), vindo diretamente de São Paulo até o hospital e realizamos mais um AjuntaMédica Hospitalar, ou seja, ela passou o dia com a gente e atuamos juntos, no Hospital Municipal Dr. Mário Gatti na cidade de Campinas.

Esse é um dia normalmente atípico e cheio de boas surpresas. Convidar os palhaços amigos foi uma ótima ideia, e esse encontro engrandece a arte, nos produz conhecimentos diversos e conhecemos novas possibilidades de realizar o trabalho, nos diversos ambientes. As mesas e bate papos a respeito da linguagem, da visão de mundo e os programas que a Nina desenvolve com a Pop, são realmente encantadores e levam a mente para outros mundos.

Por estarmos bem entrosados, com o jogo afinado, já que atuamos com os palhaços em diversos trabalhos em empresas já há alguns anos, a sintonia está sempre aí ou lá, ou acolá! Várias cenas, vários bons momentos, e o jogo fluiu tanto, que o tempo passou e nem percebemos, já era final do dia.

Agradecemos a amiga de longa data Nina Campos, Palhaça Consuelo, que vestiu o nosso jaleco e pode experienciar ser Cirurgiã (ou Cirurgioa) Consuelo. Um brinde a troca de boas energias e aos bons papos em prol da humanidade, da comunidade, do ser e estar nesse mundo.

O“AjuntaMédica Hospitalar” é uma comemoração aos 12 anos da Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria, e acontecerá mensalmente durante o ano de 2018, onde convidamos um(a) amigo(a) palhaço(a), para trabalhar conosco em um dia de hospital, vivenciando o papel de um Cirurgião da Alegria. A finalidade desses encontros é a troca de experiências, o desenvolvimento do trabalho, que se nutre de novas peripécias e invenções criadas por cada palhaço. Tudo isso, em prol de uma causa maior: os pacientes, os acompanhantes e os colaboradores do hospital!

Saiba mais sobre a Nina Campos

Clique AQUI e conheça a POP.

#Compartilhe
Eu Quero Vida! Vem Aqui Divertir a Gente!
Eu Quero Vida! Vem Aqui Divertir a Gente!

MÁRIO GATTI -5 Abril (Cristiane Abreu) (283)

É de impressionar o que uma doença faz com uma família inteira! Não, não estão todos portando o câncer, mas esta é uma doença que atinge a todos, principalmente se é em um dos filhos. Eu mesmo participei de uma história recente envolvendo a perda de um amigo, com câncer aos 30 anos de idade. Não é fácil pra ninguém, mas para a família, pior ainda! É nítida a transformação em todos, é cruel a maneira de ensinar dessa doença.

Ensinar, porque todos aprendem algo, seja bom ou ruim. É uma transformação coletiva através da dor, da esperança, da união entre todos os familiares e amigos que pensam em maneiras de divertir ou distrair o filho doente, buscando maneiras distintas de tratamento, seja ele medicamentoso, espiritual, caseiro, curandeiro, a igreja, a benzedeira, e por aí vai.

Vivem tão intensamente esses momentos, que dificilmente nos prestamos a essa intensidade quando tudo está bem. Estranho isso, mas nós (e me incluo nisso) temos um problema grave quanto a comemorar o presente, pelo simples fato de estar tudo bem – tenho voltado a minha vida a essa prática, dá para entender que a vida é passageira e que a gente só leva os bons momentos, as boas amizades, as boas relações.

Ao passarmos em frente a sala da Oncologia, ouvimos de lá de dentro “Entrem!! Venham, eu quero vida! Faz uma graça, estamos precisando! Vem aqui divertir a gente!”. Uma troca de olhares, os olhos da mãe mergulhados em lágrimas, como se nós palhaços cirurgiões estivéssemos com um tipo de cura em outro nível (não é o remédio, mas a nossa presença traria algo bom a filha). Entramos na sala, a filha chorando, e muitas pessoas em igual ou pior estado… é nítido que o tratamento é muito cansativo, o sofrimento estampado nos olhares.

Entramos, brincamos, algo tocou e nos tocou. Dois meses se passaram, nos encontramos diversas vezes. Já vieram assistir ao nosso espetáculo, já demos autógrafo no livrinho que entregamos, presenciamos muitas vezes de choro e desesperança, e vimos também a fé despertar, cabelos caírem, e a esperança de que os bons ventos voltem a mover a vida para a cura, para o bem estar.

Nós, palhaços, estamos juntos! Dá pra sentir a dor, levamos as histórias em nossas vidas, para nossas casas, em nossos corações. Vira e mexe vem aquela história, pensamos em soluções, o que podemos levar para um encontro mais feliz, ou que desperte algo de bom com quem cruza o nosso caminho.

Esse trabalho no hospital é um retrato bruto da vida. É na dor e no sofrimento que ocorrem grandes transformações, e não há muito espaço para reflexões. Cada vinda de um médico, ou o resultado de um exame feito, traz a transformação imediata, todos se rearranjam como podem, se estruturam na medida do possível e tocam as suas vidas.

E nós, fazemos o mesmo! Cada encontro uma história, cada ação uma oportunidade de transformar as deles e as nossas vidas.

Artista: Tiago Abad

Palhaço: Cirurgião Acerola

Cidade: Campinas

Hospital: Mário Gatti

Mês: abril – 2018

#Compartilhe
AjuntaMédica Hospitalar, com Nico Serrano
AjuntaMédica Hospitalar, com Nico Serrano

WhatsApp Image 2018-06-27 at 18.36.13

Nesse mês de junho realizamos mais um AjuntaMédica Hospitalar, convidando o amigo e parceiro Nico Serrano, Palhaço Tuingo da cidade de São Paulo, para participar conosco de um dia de atuação no Hospital Municipal Dr. Mário Gatti na cidade de Campinas.

 

O jogo do Brasil acabou afastando boa parte dos pacientes e frequentadores do hospital, o que nos provocou a seguinte reflexão: “Será que seria bom ter jogo do Brasil ou Copa do Mundo, todos os dias?”… tudo pára, até o volume de doentes diminuem, as cabeças se voltam para as televisões em estado hipnótico. Pode ser coincidência, mas não é a primeira vez que nos deparamos com o “milagre da Copa”. Vimos também a torcida na sala de espera para cirurgia (que normalmente é um ambiente tenso), pelo menos dessa vez, nada de gente desanimada, ao contrário, pudemos ver uma torcida, as pessoas se relacionando, brincando… é fato que quando temos algo em comum e nos unimos, conseguimos brincar e construir boas relações.

 

Agradecemos ao amigo Nico Serrano, Palhaço Tuingo, que dessa vez se tornou Cirurgião Tuingo, do alto dos seus um metro e mais alguma pouca coisa, e nos brindou com a sua presença e alegria! Valeu amigo!

Conheça mais sobre o nosso Amigo Nico Serrano: https://www.facebook.com/nicoserrano.tuingo

 

O“AjuntaMédica Hospitalar” é uma comemoração aos 12 anos da Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria, e acontecerá mensalmente durante o ano de 2018, onde convidamos um(a) amigo(a) palhaço(a), para trabalhar conosco em um dia de hospital, vivenciando o papel de um Cirurgião da Alegria. A finalidade desses encontros é a troca de experiências, o desenvolvimento do trabalho, que se nutre de novas peripécias e invenções criadas por cada palhaço. Tudo isso, em prol de uma causa maior: os pacientes, os acompanhantes e os colaboradores do hospital!

#Compartilhe