Bú! :-P

Tag: Palhaço de Hospital

Campanha Doe Sangue Doe Alegria na Faculdade Anhanguera
Campanha Doe Sangue Doe Alegria na Faculdade Anhanguera

Doe Sangue Doe Alegria - Faculdade Anhanguera (Samuel Miller) (27)

A Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria, através de seus diretores e voluntários, promoveram entre os dias 16 a 20 de outubro na Faculdade Anhanguera Limeira, a campanha de conscientização “Doe Sangue Doe Alegria”.

Na ocasião, em um ato simbólico os Cirurgiões Acerola e Gaguelho receberam das mãos do Diretor Renato C. Matthiesen a chave da Faculdade Anhanguera para a realização da Campanha. O objetivo da Campanha é aumentar as doações de sangue conscientizando os estudantes sobre a importância deste generoso ato durante o ano todo, e não somente quando um familiar ou um amigo precisa. Desde o início da campanha em 2013 a campanha já impactou mais de 12.000 estudantes das Faculdades e escolas de Limeira.

Para Fábio Ponte, diretor e coordenador da campanha “Doe Sangue Doe Alegria”, o sonho desejável da Associação é conseguir realizar a campanha duas vezes ao ano, simultaneamente, em todas as faculdades e universidades de Limeira, conscientizando e envolvendo toda a população em prol deste generoso gesto de doação. Para isso, estamos buscando parcerias com outras associações e organizações, despertando nas pessoas o interesse em participar, se tornando voluntários multiplicadores dessas informações. Só assim conseguiremos atingir nosso objetivo, para a realização desse sonho desejável.

Se você quer ser voluntário da Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria e participar da campanha “Doe Sangue Doe Alegria”, entre em contato através do site da Associação http://cirurgioesdaalegria.org.br/seja-voluntario/  e preencha a ficha de adesão.

Já para Eliseu Pereira, Coordenador Geral da Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria, é muito bom poder estar novamente na Faculdade Anhanguera Limeira promovendo a campanha de conscientização “Doe Sangue Doe Alegria”. “Isso me faz lembrar quando estudei aqui e juntos com outros amigos estudantes apresentamos o projeto da campanha, lembro como se fosse hoje! Fomos prontamente recebidos e apoiados pelo Diretor Renato C. Matthiesen, bem como pelos professores e colaboradores. Depois de quatro anos poder voltar aqui novamente, rever muitos professores que são padrinhos e incentivadores desta causa me deixa extremamente feliz, nós só temos a agradecer o valioso apoio e carinho do diretor, professores e colaboradores da Faculdade Anhanguera Limeira que sempre colaboraram para que os projetos da Associação acontecessem da melhor forma possível. Obrigado!!!”

Agradecemos de coração os voluntários e alunos da Faculdade que participaram desta ação: Samuel Müller, Janice Costa Polo, Milena Araújo Milena Araujo Rangel, Jéssica Jesus, Rafaela Pires Pereira, Maikon César Antonio, João Gabriel da Silva Vitor, Diego de Paula Ramos, Jair Borges de Queiroz Júnior, Julio Hudson Costa, André Luiz Scatolin, Danyella Soares Feltrin, Maria Ester dos Santos Neves, Thalita de Costa Brito, Fábio Ponte, Tiago Abad e Eliseu Pereira.

História

A campanha “Doe Sangue Doe Alegria” teve início em 2013 quando os diretores e integrantes da Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria perceberam através de reportagens nos jornais e TV, a dificuldade que o Banco de Sangue da Santa Casa de Limeira tinha em conseguir doadores. Pensando em colaborar de alguma maneira, criou-se a campanha de conscientização “Doe Sangue Doe Alegria”, destinada à população, informando a mesma sobre a importância das doações. Desde então, as instituições educacionais que já receberam esta ação foram: Faculdade Anhanguera de Limeira, Faculdade Einstein, Senac Limeira, Unip Limeira, Faal, ISCA Faculdades e Unicamp Limeira, totalizando mais de 12.000 pessoas impactadas.

Como Acontece a Campanha

A campanha é realizada semestralmente ou conforme a necessidade do Banco de Sangue da Santa Casa de Limeira, na prática acontece da seguinte maneira: os voluntários e diretores dos Cirurgiões da Alegria passam de sala em sala promovendo uma mini palestra para os estudantes e professores, além de entregar o material informativo sobre doação de sangue e da associação. Com o folder em mãos, os estudantes podem agendar a visita ao Banco de Sangue para realizar sua doação.

Como doar sangue

Para doar sangue é preciso ter acima de 16 anos, estar em boas condições físicas, pesar mais que 50 kg, estar descansado, alimentado e apresentar documentos pessoais e se dirigir até a Santa Casa, que fica na Av. Antonio Ometto, 675 – Vila Cláudia. O horário de funcionamento do Banco de Sangue é de segunda a sexta-feira, das 7h às 14h e aos sábados das 7h às 11h.

#Compartilhe
Cirurgiões da Alegria é Selecionado no 2º Edital de Projetos Culturais do Instituto CCR
Cirurgiões da Alegria é Selecionado no 2º Edital de Projetos Culturais do Instituto CCR

20170914110448709_107141Foi com muita alegria que recebemos essa maravilhosa notícia. O projeto Cirurgiões da Alegria Despertando Sorrisos 2018 foi um dos projetos selecionados no  2º Edital do Instituto CCR!!!!

O Instituto CCR selecionou 16 projetos entre 100 inscritos no 2º Edital de Projetos Culturais, iniciativa que tem como principal objetivo contribuir para o desenvolvimento da cultura em municípios do interior dos estados. Foram contemplados projetos de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná que beneficiarão 42 cidades em trechos sob influência do Grupo CCR.

Ao todo, o Instituto CCR investirá R$ 2 milhões nessas iniciativas, que serão desenvolvidas, em sua maioria no próximo ano, pelas concessionárias CCR ViaOeste, CCR SPVias, CCR NovaDutra, CCR AutoBAn e CCR RodoNorte.

O Edital faz parte da política de responsabilidade social do Grupo CCR, gerenciada pelo Instituto CCR, entidade sem fins lucrativos, criada em 2014. A escolha dos contemplados foi feita por uma comissão de seleção. Os projetos também são aprovados pela Lei Rouanet, artigo 18 – esse, aliás, era um dos requisitos para participação no processo.

Confira informações sobre os projetos:

  • Cirurgiões da Alegria Despertando Sorrisos 2017, da Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria: apresentações teatrais e musicais com duplas de palhaço em hospitais e realização de oficinas de palhaços para jovens talentos;

  • Caminhos para o desenvolvimento – História e Cultura das Principais Rodovias Paulistas, da Forma Cultural Edições Artísticas Ltda, de Itu: consiste na produção de um livro de valor cultural histórico, artístico e humanístico sobre o nascimento das principais Rodovias Paulistas e seu importante papel para o desenvolvimento social, cultural, político e econômico;

  • No Compasso das Cores, da Associação Cultural Pintura Solidária – o projeto realizará apresentações de música instrumental e oficinas de pintura em praças públicas, tendo como objetivo, a inclusão cultural e ampliação do acesso à cultura;

  • Orquestra Arte do Bem II, da Articular Consultoria Administrativa e Produção de Eventos, de Campinas: o projeto tem como objetivo promover a organização da Orquestra Arte do Bem, uma orquestra sinfônica com repertório composto por clássicos do rock nacional e internacional, além de viabilizar apresentações abertas e apresentações com cobrança de ingressos, com renda destinada a uma instituição que atende crianças e adolescentes com câncer;

  • Plano Anual de atividades APHC 2017-2018, da Associação Parque Histórico de Carambeí: o projeto visa intensificar a atuação do Parque Histórico de Carambeí em seus 100 mil m² de instalações Busca fortalecer a projeção do patrimônio histórico, cultural e artístico regional, por meio de atividades contínuas que possam auxiliar na formação de agentes de cidadania, atuando com temas como multiculturalismo e diversidade cultural em caráter socioeducativo;

  • Plano Anual de atividades do Conservatório de Tatuí 2017, da Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí: o plano anual do Conservatório de Tatuí consiste na manutenção de cursos oferecidos gratuitamente pela instituição e manutenção dos grupos pedagógicos, formados por alunos, cuja programação artística prevê apresentações diversas;

  • Projeto Música nas Escolas de Barra Mansa 2017 – A Arte de Educar Através da Música, da Associação da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa: leva ensino de música, com prática instrumental, às escolas do município. Os grupos formados pelo projeto realizam concertos e apresentações de alta qualidade musical em Barra Mansa e nas Cidades do Vale do Paraíba e nas capitais;
  • Se Eu Pudesse Mudar o Mundo II, da 3S Desenvolvimento de Projeto Empresarial Ltda, de Campinas: a segunda edição do projeto consiste na difusão de conceitos sobre cidadania, educação no trânsito, civismo e vida em comunidade. Os diferentes espetáculos que compõem o projeto têm o objetivo de levar, de forma itinerante, acesso às manifestações artísticas para estudantes da rede pública de ensino;
  • Teatro nas Escolas 6ª edição, da Direção Cultura Produções Ltda, de Campinas: Apresentações de teatro infantil, com diversas companhias, nas escolas públicas de ensino fundamental, que acontecerão em diferentes cidades do interior de São Paulo;
  • 11ª Temporada de Música Instrumental Brasileira de Sorocaba, da MDA International Ltda: apresentação gratuita ao ar livre, com grandes nomes da Música Popular Brasileira e Instrumental;
  • Dança & Magia, da Associação de Amigos do Balé de Câmara, de Barra Mansa-RJ: o projeto promove gratuitamente aulas sistemáticas de Ballet e Danças Urbanas, para crianças e jovens em situação de risco social realiza oficinas, cursos e palestras para alunos, familiares e comunidade;
  • Ednecca e as Cores da Vida, da Mundo Eventos Ltda – Me, de Hortolândia: apresentações gratuitas para crianças em idade escolar e abertas para toda a comunidade do município envolvido. Neste espetáculo a boneca Ednecca, personagem principal, conduz a plateia a uma reflexão sobre Trânsito e Cidadania além de valorizar elementos da cultura brasileira
  • Orquestra Meninos do GAMT, do Grupo de Assessoria e Mobilização de Talentos, de Caçapava: desenvolve atividades de iniciação musical com oficinas de percussão voltadas a jovens da rede pública de ensino e realiza apresentações com a Orquestra Meninos do GAMT;
  • Projeto Jovens Músicos 5ª edição, da Associação Amigos da Música de Piracicaba: contempla desde a iniciação musical através de flauta doce, canto coral, banda rítmica e concertos didáticos, até aulas de instrumentos de orquestra para crianças de 07 a jovens até 25 anos de Piracicaba e outras cidades da região e do Estado de São Paulo. A formação se dá por meio de profissionais renomados e Concertos com grandes solistas;
  • Restauro e Reabilitação do Pavilhão Marina Crespi, da Associação para o Fomento da Arte e da Cultura, de São José dos Campos: consiste na execução das obras de restauro e reabilitação do Pavilhão Marina Crespi, localizado no Parque Vicentina Aranha, em São José dos Campos, possibilitando sua utilização pela população por meio de desenvolvimento de atividades culturais e implantação de uma biblioteca municipal;
  • Salvando Risos 2ª edição, da Organização Doutores Palhaços SOS Alegria, de Ponta Grossa – PR: o projeto leva humanização aos hospitais através da arte. A iniciativa prevê a realização de intervenções cênicas da ONG Drs. Palhaços em hospitais.  A proposta do projeto é ressignificar o ambiente hospitalar pela arte.

Sobre o Instituto CCR:

O Grupo CCR criou em 2014 o Instituto CCR, entidade privada, sem fins lucrativos, para estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa.  O Instituto CCR vai otimizar a utilização de recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo em projetos estruturados em quatro áreas: Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Esporte; Meio Ambiente e Segurança Viária. O Grupo CCR apoia o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, com a experiência de ter levado mais de 500 projetos para 120 cidades que, desde 2003, já beneficiaram 7 milhões de pessoas com investimento de R$ 185 milhões em projetos estruturados. Para saber mais, acesse o site www.institutoccr.com.br

Sobre o Grupo CCR:

Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Controla, atualmente, 3.265 quilômetros de rodovias sob a gestão das concessionárias CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR RodoNorte (PR), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP), CCR RodoAnel (SP), Renovias (SP), CCR SPVias (SP) e CCR MSVia (MS). Também faz parte do controle acionário da concessionária ViaRio, responsável pela construção e operação do Corredor Expresso Transolímpica, no Rio de Janeiro. O Grupo CCR atua ainda no setor de transmissão de dados de alta capacidade por meio da Samm, empresa prestadora de serviços de comunicação multimídia e conectividade IP com mais de 4.700 quilômetros de fibra óptica subterrânea e aérea. Além disso, o Grupo CCR está presente no segmento de transporte de passageiros por meio das concessionárias ViaQuatro, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, responsáveis, respectivamente, pela operação da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo, pelo transporte aquaviário de passageiros no Rio de Janeiro e pelo sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, além de ter participação na concessão do VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos), que interligará a região portuária e o centro do Rio de Janeiro. O grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Em 2015, adquiriu a TAS (Total Airport Services), empresa norte-americana prestadora de serviços aeroportuários. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a CCR assinou o Pacto Global da ONU e, em 2016, faz parte da carteira teórica do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial), da BM&FBovespa, pelo quinto ano consecutivo. Emprega, atualmente, cerca de 11 mil colaboradores.

Para mais informações:

Assessoria de imprensa – Grupo CCR

Llorente & Cuenca

Daniela Augusto – Tel.: (11) 3054 – 3316 / daugusto@llorenteycuenca.com

Amanda Sena– Tel.: (11) 3054 – 3320 / asena@llorenteycuenca.com

Yeska Nakamura – Tel.: (11) 3054 – 3319 / ynakamura@llorenteycuenca.com

Anderson Estevan – Tel.: (11) 3054 – 3322 / aestevan@llorenteycuenca.com

Fonte: http://www.institutoccr.com.br/noticias/institucional/105522-instituto-ccr-seleciona-16-projetos-de-tres-estados-por-meio-do-2o-edital-de-projetos-culturais

#Compartilhe
Em 2018 Encontros Iguais a Esse Vão Continuar Acontecendo, VIVA!!!!
Em 2018 Encontros Iguais a Esse Vão Continuar Acontecendo, VIVA!!!!

Sem título-1

É com muita alegria que informamos que o projeto 2018 já está aprovado pelo Ministério da Cultura no artigo 18, isso permite que a Associação capte recursos por meio da renúncia fiscal, nos dando a possibilidade de dar continuidade ao Programa Visita da Alegria nos hospitais de Limeira e Campinas. Desde o início do programa já visitamos mais de 80 mil pacientes entre crianças, adultos, idosos e acompanhantes.

Para isso estamos prospectando empresas que declaram seus impostos sobre o lucro real para destinar 4% do imposto devido para o Programa Visita da Alegria.

Mas você pessoa física que faz a declaração completa do imposto de renda também pode colaborar destinando 6% do imposto devido,

Entre em contato com Regiane Gloria para maiores detalhes e para enviarmos o projeto:

E-mail: regiane@cirurgioesdaalegria.org.br

Fone: 19-3442-4651 ou 19-99236-5145

#Compartilhe
Ei… psiu! É com você mesmo que queremos falar!
Ei… psiu! É com você mesmo que queremos falar!

Dá um tempinho nas suas coisas, isso é importante para nós, e não vamos conseguir guardar essa novidade por muito mais tempo! Sabe como é palhaço… guardar segredos é um baita desafio, afinal, sofremos de língua solta.

Bom, vamos deixar de conversa e falar logo! Sabe o que é? Temos uma novidade para contar pra vocês… este ano fechamos parceria com um novo hospital, isso mesmo!!! E estamos muuuuito felizes, pois estamos implantando o Programa Visita da Alegria no Hospital Medical aqui em Limeira!

O Programa Visita da Alegria consiste em uma dupla de Cirurgiões Palhaços visitando um hospital parceiro, uma vez por semana, 6 horas por dia, interagindo com pacientes, acompanhantes e com os profissionais da saúde. A implantação do programa é um tanto demorada, e já faz um tempão que estamos conversando, ou melhor, namorando!

Consideramos que para se ter uma relação duradoura, tem que ter um namoro antes, e nós iniciamos esse namoro já faz uns sete meses. Fomos devidamente apresentados por um cupido, ou melhor, pela Álamo Comunicação, uma Agência de Publicidade que durante um ano prestou serviços gratuitamente para a Associação. Num belo dia ensolarado, fomos apresentados e iniciamos aquele namorico. Tivemos aquela fase de conversas por telefone, e-mails então, foram vários! Até que um dia marcamos um encontro. Foi muito bom nos conhecermos pessoalmente e sabermos quais as pretensões de cada um. Conversa pra lá, conversa pra cá, e-mails e mais e-mails, até conseguirmos achar um caminho que ficasse bom para todos.

Surgiu então a data para iniciarmos os encontros, mas antes, sentíamos que precisávamos mostrar realmente quem somos nós, e foi aí que tivemos a ideia de montar uma exposição de fotos e demos o nome para ela de “Exposição Momentos Transformadores”. Através dessas fotos contamos tudo sobre nós, sem filtro, e botamos a boca no trombone, divulgamos a novidade para o hospital inteiro!

EXPOSIÇÃO MOMENTOS TRANSFORMADORES

exposição

Essa exposição aconteceu durante todo o mês de abril e foi montada em um local onde todos os colaboradores do Hospital Medical passam, ao lado do refeitório. A exposição tem por objetivo mostrar que o trabalho da Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria vai além das intervenções no ambiente hospitalar. Procuramos mostrar tudo o que fazemos dentro e fora dos hospitais. Mostramos que os integrantes do elenco de palhaços são artistas profissionais, que através de capacitação continuada e acompanhamento psicológico (essas atividades acontecem semanalmente, com duração de cinco horas), desenvolvem e aperfeiçoam seu repertório artístico, propiciando assim, intervenções de qualidade. Esse é o trabalho artístico, onde os nossos Cirurgiões criam momentos transformadores por onde passam.

Espetáculos teatrais, intervenções para empresas, palestras motivacionais, oficinas e cursos de palhaços, é tanta coisa que vai acontecendo, que a exposição passa por uma seleção criteriosa, senão acaba faltando parede pra tanta foto!

Procuramos mostrar tudo isso para que as pessoas saibam quem somos e que a relação entre Associação e Hospital seja a melhor possível.

REUNIÃO COM OS GERENTES DE SETORES

Foto

No dia 28 de abril, tivemos uma reunião com todos os gerentes de setores do Hospital Medical, onde pudemos dividir um pouco da nossa experiência, quem somos, e batemos um papo descontraído a respeito da atuação e da integração profissional entre palhaços cirurgiões e colaboradores.

Também fomos visitar as instalações do hospital e conhecer, de cara limpa, cada lugar e as pessoas que integram as equipes de profissionais da saúde. Estávamos ansiosos, pois a cada lugar que passamos pudemos perceber uma alta expectativa para conhecerem o nosso trabalho. Fomos muito bem recebidos em todos os setores, sempre com um sorriso e nos desejando as boas vindas, ficamos muito felizes!

A dupla de Cirurgiões que vão desenvolver o Programa Visita da Alegria no hospital Medical durante o processo de implantação do Programa Visita da Alegria são: Cirurgião Acerola (o Artista Tiago Abad, que é Palhaço, Psicólogo, Coordenador Artístico e Formador de Elenco), junto com o Cirurgião Gaguelho (o Artista Eliseu Pereira que é Palhaço, Coordenador Geral e Cofundador da Associação Cirurgiões da Alegria), a dupla se conhece desde 2006.

Depois de toda essa apresentação, eis que chega o dia 2 de maio, às 11h da manhã e lá estávamos nós, adentrando o Hospital Medical.

OS CIRURGIÕES ACEROLA E GAGUELHO

palhaços 2

A dupla de Cirurgiões que vão desenvolver o Programa Visita da Alegria no hospital Medical durante o processo de implantação do Programa Visita da Alegria são: Cirurgião Acerola (o Artista Tiago Abad, que é Palhaço, Psicólogo, Coordenador Artístico e Formador de Elenco), junto com o Cirurgião Gaguelho (o Artista Eliseu Pereira que é Palhaço, Coordenador Geral e Cofundador da Associação Cirurgiões da Alegria), a dupla se conhece desde 2006.

Depois de toda essa apresentação, eis que chega o dia 2 de maio, às 11h da manhã e lá estávamos nós, adentrando o Hospital Medical.

Como no primeiro dia de uma relação, lá estávamos nós devidamente caracterizados com os nossos sapatos engraxados, maquiagem perfeita, figurinos impecáveis e narizes mais avermelhados que o normal. Por ser o nosso primeiro dia,  fomos conduzidos por várias mãos amigas que nos apresentaram aos colaboradores, foi um momento muito importante para nós, pois não é todo dia que podemos conhecer um hospital com todas as suas características, como: sons, cheiros, pessoas e mais pessoas, e os intermináveis corredores. Foi um dia diferente, onde pudemos sentir o carinho e o acolhimento dos colaboradores, que nos receberam muito bem, ficamos muito contentes e desejamos que esse seja o início de uma relação saudável e prazerosa entre os Cirurgiões da Alegria e os pacientes, seus familiares e os profissionais da saúde do Hospital Medical.

#Compartilhe
Aniversário Beneficente em Prol da Associação
Aniversário Beneficente em Prol da Associação

2017-01-28 ANIVERSÁRIO ELISEU E REGIANE (71)

Já virou tradição! O jantar beneficente em comemoração aos aniversários do casal Regiane Gloria e Eliseu Pereira, onde os convidados não trazem presentes, mas sim, adquirirem ingressos onde a renda é revertida diretamente para a Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria e o Programa Visita da Alegria.

Neste ano, a comemoração aconteceu no Espaço Cultural Cirurgiões da Alegria, na noite do dia 28 de janeiro, e compareceram ao evento, os seus parentes e amigos.

Além de todo amor envolvido pela causa, os convidados puderam degustar uma deliciosa Paella Caipira feita com muito carinho pelo Chef Beto Bolognesi e seu ajudante Jason Vicentini, os quais agradecemos de coração por terem nos presenteado com essa iguaria saborosa!

Agradecemos a todos que compareceram e um agradecimento especial aos voluntários: Carol Basso, Edina Bittencourt Testa, Sérgio Marinho e Guilherme Testa que ajudaram na realização do evento, OBRIGADO!!

 

Confira as FOTOS dos melhores momentos.

#Compartilhe
O Paradoxo Vida e Morte e a Importância do Artista Dentro dos Hospitais
O Paradoxo Vida e Morte e a Importância do Artista Dentro dos Hospitais

Tiago Abad - Formador de Elenco dos Cirurgiões da Alegria

O trabalho realizado dentro dos hospitais exige grande sensibilidade do artista. Aliás, é trabalho tão humano, que antes de qualquer habilidade artística, habilidade técnica ou até mesmo alegria, há o lado humano agindo. Deve-se, antes de mais nada, perceber, ouvir, olhar, observar, sentir!

Sentir realmente o que está acontecendo, se você é necessário, se é bem quisto no ambiente, até se merece aquele momento, estar ali. O filtro deve ser grande (mundo dos estímulos – contato e escolha), vai para a peneira (sensações – o que está acontecendo) e passa pelo funil (sentimentos – o que vou fazer), e a ação está atrelada a todo esse processo. Dessa maneira, é fato que esse não é trabalho para qualquer um, ou seja, nem todos possuem preparo humano suficiente para estar naquele ambiente, de tamanha responsabilidade.

Tem muita gente no ambiente, cada um com sua história de vida, alguns trabalhando, outros de passagem, uns visitando, outros acompanhando… Quarto com duas, três, quatro, seis, oito pessoas, o público é pequeno, a arte, grandiosa! Como encaixar ali, naquele curto espaço de tempo, com poucas pessoas, o jogo correto, o momento exato da ação, o volume das falas, o momento certo para que a sua presença aconteça, a dosagem dos movimentos, o cuidado com os equipamentos, tem som, agulha, dor, cansaço, esperança… O foco da atuação, pra quem olho, porque olho, porque o jogo foi pra esse lado, porque não tentei outra coisa, a enfermeira apareceu no momento exato que eu anunciei a presença da rainha, o médico pediu que passasse naquele quarto por causa de um paciente, mas quem se divertiu absurdamente foi sua companhia, ouvi dizer que o outro morreu, o Jorge não está mais aqui, ela teve alta, você vai embora, você volta palhaço?

Olha, são tantas variáveis e uma arte tão grandiosa, que só os grandes ou pequenos (agora pintou uma dúvida) conseguem estar ali dentro desempenhando seu papel com maestria, afetando o ambiente e sendo afetados das mais diversas maneiras.

O palhaço é isso, ser repleto de humanidade, sensível o suficiente para saber onde vai, e até quando não sabe, tudo acontece da maneira e no momento que deve acontecer. Quando você não programa, a vida e o universo te conduzem. Como é grande esse movimento e como é forte! Ser palhaço é um convite a ser o que é, inclusive, a sentir cada vez mais a responsabilidade de ser o que é e de estar onde está. Momento presente, e que presente!

Toda essa introdução, para contar um momento muito emocionante que vivi acompanhando o trabalho dos Cirurgiões Gaguelho e Nelson do Bigodinho no Hospital Mario Gatti em Campinas. Os palhaços entram na recepção principal do hospital, bastante gente aguardando sabe-se lá o que (uma notícia, o momento da visita, uma melhora de um paciente, pensando na vida, querendo ir embora, chegando, saindo, enfim, muitas situações possíveis). Duas figuras que aparentam não pertencer àquele ambiente, mas que se integram rapidamente aos presentes, três pessoas têm bigode, e chega Nelson do Bigodinho. Quem não tem bigode? Cirurgião Gaguelho, cadê seu bigode? Começam a procurar nas bolsas, no teto, embaixo das cadeiras e por aí vai… aquela mistura de gente, cada um de um lugar, com seus pensamentos, dá lugar a um espaço que tudo pode, a brincadeira acontece, brotam risos e o foco está nos palhaços… diversão.

Nesse mesmo espaço e tempo, muitos se divertem, brincam… um homem, aproximadamente 40 anos atravessa a sala, o espaço, vai de encontro aos seus parentes, grita algumas palavras e cai em prantos, todos a sua volta choram muito, procuram consolar o homem de alguma maneira, outros saem para chorar em seus cantos, cada um no seu espaço.

A cena mexeu muito comigo, eu ali, vendo aquilo, acompanhando um trabalho mágico e os dois mundos acontecendo paralelamente. Separados por uma porta de vidros, palhaços divertiam pessoas que talvez também pudessem passar por momentos como aquele que vi, e do outro lado da porta, a dor, o choro, a perda.

O hospital é realmente cheio desses momentos paradoxos, e o artista, o palhaço, é o paradoxo em si, sensível e pronto para esse movimento de emoções. Vida longa a esse trabalho!

 

Tiago Abad

Formador de Elenco, Palhaço e Psicólogo.

#Compartilhe
Confira como foi o Mc Game Day
Confira como foi o Mc Game Day

MC Game Day - Cirurgiões da Alegria

Um Sucesso!!!

Quem acompanhou de perto o MC Game Day pode curtir muito do universo Gamer e Cosplay no evento que trouxe dezenas de atividades destas culturas!

Além disso, nós também marcamos presença no evento, como você confere no vídeo ;o)

 

O dinheiro arrecadado no evento foi destinado para a Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria e será de grande ajuda para mantermos as visitas aos hospitais além de outros projetos que trazem acesso à cultura e ao conhecimento.

Sabia que você também pode ajudar? É só clicar aqui!

Muito obrigado à MC Tecnologia e ao nosso grande time de voluntários que fizeram desse evento um grande sucesso!

Vamos Juntos despertar muitos sorrisos ;o)

#Compartilhe
A Humana Arte de Transformar Choros em Sorrisos
A Humana Arte de Transformar Choros em Sorrisos

Erondi - Palhaço de Hospital - Cirurgiões da Alegria

Era quase fim do expediente, já tínhamos caminhado por todo o hospital e estávamos voltando para o nosso antro besteirológico, quando de repente ouve-se um choro muito estridente de um bebê.

 

Bem na hora do ocorrido estávamos passando pelo posto de enfermagem. Os berros, os olhares dos palhaços para com as enfermeiras e a comunicação. Não foi necessária nenhuma palavra para que entendêssemos que a nossa ajuda era bem vinda. Fomos até o quarto, lá estavam duas enfermeiras, uma mãe e uma criança. Essa se debatia na cama, recém acordada da anestesia da cirurgia e desesperada por não saber o que estava acontecendo, o choro era muito alto, as enfermeiras tentavam conter o braço para que o cateter não saísse e nós, os palhaços, ao vermos toda essa situação conturbada tentávamos contagiar com uma energia completamente oposta, cheia de calma e tranquilidade, estávamos sem instrumentos, mas mesmo assim decidimos tocar uma música.

 

Tocávamos com o corpo, com a boca cantávamos e fazíamos alguns sons malucos e com a alma permanecíamos em comunhão com aquele momento delicado e assustador na vida daquela criança. Estávamos presentes, juntos da equipe, da mãe e da criança.

 

Não sei classificar ao certo os porquês dos fatos que se seguem, mas a partir do momento em que conseguimos penetrar naquela atmosfera densa e pesada, carregada de choro e de dor, com nossa calma e serenidade, com nossa arte e cumplicidade, o choro foi diminuindo, o silencio foi se estabelecendo, a criança se acalmou, a mãe pode finalmente pega-la no colo onde ela exausta adormeceu. Fomos saindo sem dizer nada, as enfermeiras vieram quase junto com a gente, e ao sair do quarto rolou até uma comemoração entre nós, não sabíamos ao certo o que comemorávamos, talvez o fato de ter transformado aquele ambiente de alguma forma.

 

Olhei no olho do meu parceiro de trabalho e procuramos não entender e nem argumentar sobre o que tinha ocorrido, só guardamos em nossos corações a certeza de que tínhamos feito uma coisa boa e bela, que estava para além de nós e de nossas compreensões, que estava no âmbito da vida, no âmbito da arte…

 

 

Palhaço: Cirurgião Erondi

Artista: Hugo Delariva

Cidade: Limeira

Hospital: Humanitária.

Mês: Maio

Clique aqui  e ajude com que mais histórias como essa aconteçam ;o)

#Compartilhe
Quando a Alegria Bate à Porta
Quando a Alegria Bate à Porta

Cirurgiões-da-Alegria---Posso-Entrar

Afinal, o que é alegria?

Se buscarmos na filosofia logo descobriremos que a alegria é aquele instante do qual você adoraria reviver, ou que não quer mais que acabe, mas acaba. Portanto, não dá pra ser feliz sempre, afinal, sem a tristeza também não existe a alegria.

Todos os dias nós passamos por momentos assim! Quando batemos numa porta e recebemos a autorização para entrar uma alegria enorme nos invade, e assim nossa única missão é expor tamanha alegria para que essa possa contagiar as pessoas ao nosso redor, e dá vontade de ficar ali, pra sempre!

Porém, todas as vezes que deixamos o hospital uma leve tristeza bate, naturalmente, pois aqueles momentos mágicos de alegria já terminaram, e a vontade de voltar no tempo é muito grande.

Mas, felizmente, nos próximos dias estaremos de volta, experimentando mais uma vez essa alegria, e também a tristeza da despedida, a saudade, mas, saber que estaremos despertando sorrisos no futuro nos mantém sempre firmes nessa missão.

E afinal, sabe qual é o nome desse enorme processo? Felicidade!

Somos felizes por ás vezes sermos tristes. Somos felizes pelo amor ao nosso trabalho, somos felizes por fazer as pessoas felizes.

Por isso lembre-se! A felicidade vai muito além dos momentos mágicos, mas mesmo nos momentos difíceis o sorriso é uma bela companhia para o próximo instante de alegria.

Venha despertar sorrisos junto com a gente! Clique aqui e saiba como! ;o)

#Compartilhe
Por que tem Palhaço Aqui?
Por que tem Palhaço Aqui?

 

Porque tem palhaço aqui

Era uma manhã de terça feira, lá estávamos nós no hospital Mário Gatti. Caminhávamos no corredor do pronto socorro infantil, eu dedilhava meu violão e o Cirurgião Nélson do Bigodinho a sua escaleta melódica e colorida, que exalava os mais variados acordes compondo uma linda música.

 

Aos poucos a agitação do ambiente foi sendo substituída pela curiosidade, fazendo com que as pessoas deixassem seus afazeres e saíssem das salas de atendimento para vir ao encontro da música que adentrava as mais estreitas brechas do dengário (local onde ficam as pessoas com dengue, segundo uma enfermeira amiga nossa).

 

Lá estávamos nós, fazendo a festa, quando de repente saiu de uma das portas do extenso corredor, uma garotinha de cabelos longos e pretos, que ao nos ver começou a pular feito milho de pipoca na panela quente. Fomos nos aproximando devagar e quanto mais próximo, mais ela pulava. Não sabemos ao certo o que acontece quando nos aproximamos de algumas crianças, que ao nos ver, despertam as mais inusitadas sensações, que vão desde choro, avalanche de riso, ou até correria para nos abraçar. (E essa menininha só pulava)

 

Quanto mais chegávamos perto mais ela pulava! O pessoal que passava naquele momento parou para ver aquela cena: dois palhaços e uma criança que nos olhava de cima embaixo e continuava a pular e a pular…

Quando chegamos bem pertinho, ela parou de pular, entrou na sala onde estava sua mãe e outras crianças e toda eufórica questionou:

 

– Mamãe, mamãe, por que tem palhaço aqui?

 

A mãe sem saber o que responder disfarçou e continou nos observando bem quietinha.

 

Nem deu tempo de nós respondermos, pois a brincadeira havia começado e depois de um tempo brincando com ela e com as outras crianças da sala de inalação, acabamos nos despedindo. Ela nos agradeceu e voltou para o colo da mãe, mas aquela pergunta ficou batendo em minha cachola o resto do dia: Por que tem palhaço aqui?

 

Ora, ora, tem palhaço aqui, ali, lá e acolá! Tem palhaço em todo lugar, tem no semáforo, na porta da loja, nas festas de aniversário, nas igrejas, nas empresas, nas praças, nas escolas, nos asilos e até nas cadeias… O mundo está sendo invadido pelos palhaços e porque não palhaço em hospital? Afinal, mato cresce em todo lugar ;o) .

 

Artista: Eliseu Pereira

Palhaço: Cirurgião Gaguelho
Cidade: Campinas
Hospital: Mário Gatti
Mês: Abril – 2015

 

 

 

 

 

#Compartilhe
Campanha de Doação De Sangue na FCA
Campanha de Doação De Sangue na FCA

FCA

Vamos falar de.. Sangue!

Imagina ser campeão por duas vezes consecutivas. Bom demais, não é?

Então agora você tem essa chance!

Como nós já sabemos que o sangue Limeirense é mesmo Sangue Campeão, entramos em mais uma parceria para alavancar o estoque de sangue nos Hospitais de toda a nossa região, por isso, vamos mostrar que Limeira dá o sangue pela solidariedade!

Saca Só:

“O Trote da Cidadania e o Inspira – Comitê Socioambiental da Integra em parcerias com o CVU, a AAAXO, a AAASE e a AAAKI traz para a FCA a Segunda Campanha de Doação de Sangue, que promete ser ainda maior!!

Além do apoio do Cirurgiões da Alegria!!

Contamos também com o Hemocentro de Campinas, que abastece Campinas e Região, para realizar as coletas e com o apoio da FCA para a realização desse mega evento!!

“Tá, mas eu tenho medo de agulha, deve doer muito!”

Que nada! É rapidinho, e a gente garante: A sensação que vem depois da doação vai garantir todas as outras, afinal você pode estar salvando até 4 (quatro) vidas.

“Hum… e como eu faço para doar?”

É muito simples e rápido!

Basta se inscrever no formulário abaixo:

Clique para acessar

Obs: As restrições informadas no formulário não garantem que o voluntário poderá doar, já que no dia da doação haverá uma triagem com perguntas mais especificas.

E depois comparecer no dia 10 de junho de 2015 das 9H00 às 12H00 na FCA – Unicamp, localizada no endereço:

Rua Pedro Zacarias, 1300 – Jardim Sao Paulo, Limeira – SP, 13484-350

Adicione a página do Trote da Cidadania, curta a dos Cirurgiões da Alegria e compartilhe, tanto o seu sangue quanto essa notícia, assim, vamos acabar com o velho fantasma da falta de sangue nos Hemocentros neste período do ano!

 

#Compartilhe
Processo de Seleção 2015 – Lista de Selecionados
Processo de Seleção 2015 – Lista de Selecionados

processo-seletivo-abeca-2015

A comissão de seleção após análise dos candidatos, conforme material encaminhado por e-mail comunica os pré-selecionados, conforme abaixo:

  • Ana Pessoa
  • Carlos Mira Santos
  • Emilly Cavalcanti da Silva Dias
  • Erika Layher
  • Fabiana de Noronha Nascimento
  • Graziele Sanches
  • Guilherme Figueiredo Silveira
  • Guilherme Padilha do Lago
  • Jéssica Alves Magalhães
  • Kayê Conforto
  • Luana Crempe Rosales
  • Mariana Conde Rhormens Lopes
  • Noemia Scaravelli
  • Raíssa Guimães de Souza Araújo
  • Roger Querubim de Souza
  • Samara Montalvão
  • Willian Felipe Gama
  • Eugênio Luis Salaroli La Salvia

A primeira reunião (conversa mole) com os pré-selecionados será realizada na quinta-feira, 07 de maio, das 14h às 16h no Espaço Oficina sede dos Cirurgiões da Alegria. Rua Manoel Toledo Arruda 276 Jd. Nova Europa – SP. Clique AQUI e veja no mapa.d

#Compartilhe
Oficina dos Cirurgiões da Alegria no GAVIA
Oficina dos Cirurgiões da Alegria no GAVIA

Oficina dos Cirurgiões da Alegria no Gavia

Olha você por aqui mais uma vez!! Muito bem vindo ao nosso blog, viu?! E hoje vamos contar sobre a visita que os artistas Denis Menezes e Eliseu Pereira fizeram nos dias 27 de março e 7 de abril para os adolescentes assistidos pela Associação GAVIA – Grupo de Amigos para a Valorização da Infância e Adolescência, da cidade de Limeira.

Estas visitas ocorreram por um motivo muito especial, nossos artistas transmitiram conhecimento para os jovens do grupo ministrando a Oficina “O Mundo Sob o Olhar do Palhaço”.

A oficina é gratuita e tem como objetivo principal oferecer aos participantes um espaço onde se compartilhem suas experiências e ações do cotidiano, sob o olhar do palhaço, experimentando exercícios e jogos teatrais em duplas, trios e em grupos e faz parte do plano de trabalho anual do Cirurgiões da Alegria, que integra o projeto “Despertando Sorrisos Além dos Hospitais – 2015” inscrito no Ministério da Cultura através da Lei de Incentivo Fiscal – Lei Rouanet que tem como patrocinadores as empresas: Galzerano, Cerâmica Carmelo Fior e MAHLE, além do apoio das empresas: Unimed Limeira, Market-in, Faculdade Anhanguera Limeira, GV Quality, Kênia Siqueira, Pizzaria Don Francesco, Rita Braga Fotografia e Orangy Marketing Digital.

O encontro foi muito produtivo, principalmente por despertar nos adolescentes do projeto sonhos e novas possibilidades, mostrando que a arte do palhaço, assim como todas as artes pode dar mais cor à vida e sim, virar uma profissão, tão séria quanto qualquer outra.

Antes de partirmos, fica aqui nosso agradecimento à Associação GAVIA por promover este intercâmbio, assim como a nossa disponibilidade em colaborar com o que temos de mais precioso, a nossa história!

Clique AQUI e confira as fotos

Nos vemos no próximo post! 😉

#Compartilhe
SOCA – Semana de Orientação dos Cirurgiões da Alegria
SOCA – Semana de Orientação dos Cirurgiões da Alegria

10873579_784777778275511_2790790855726772610_o

 

Oi! Que bom ver você   novamente por aqui, no nosso blog!

Hoje vamos contar um pouco do que é a SOCA.

A SOCA é a Semana de Orientação dos Cirurgiões da Alegria e acontece todos os anos no comecinho de nossas atividades, para preparar toda a nossa equipe para a volta aos hospitais.

Neste ano, o evento aconteceu do dia 26 a 30 de janeiro, aqui no Espaço Oficina, na nossa sede.

A SOCA está inclusa dentro do nosso plano de aprendizado contínuo, que acontece todas as semanas durante o ano inteirinho e vem, então, para abrir esse ciclo de aprendizado, onde cada convidado expõe um tema diversificado e que colabora para o amadurecimento profissional de cada um de nossos integrantes, principalmente, dentro dos hospitais.

E o que rolou nesta edição?

Este ano tivemos uma troca de ideias muito produtiva! Olha só quais foram os temas principais:

  • ·        Cuidados no ambiente hospitalar com pacientes e acompanhantes;
  • ·        Prevenção de acidentes, placas indicativas;
  • ·        Higienização hospitalar: assepsia e anti-sepsia;
  • ·        Transmissão de doenças infecciosas;
  • ·        Humanização hospitalar;
  • ·        Ética e qualidade artística do que é levado para o hospital.

Inclusive, gostaríamos muito de agradecer a todos os profissionais que participaram e se propuseram a compartilhar com a gente seus conhecimentos técnicos e, também, aprender algo novo. Em especial, agradecemos aos amigos Marcos Lima, Dr. André Pierro, Edson Pavani, Denis Menezes e Tiago Abad; foi, com toda a certeza, uma troca de informações muito rica. E nós acreditamos que o conhecimento compartilhado derruba qualquer fronteira, melhorando assim a qualidade do nosso trabalho e, consequentemente, ajuda a despertar mais sorrisos!

Você também pode despertar sorrisos, sabia? Basta clicar AQUI para descobrir como!

As imagens de como foi SOCA você confere na nossa página no Facebook 🙂

Obrigado por nos acompanhar, esperamos você na próxima postagem!

#Compartilhe
Como Participar do Elenco dos Cirurgiões da Alegria
Como Participar do Elenco dos Cirurgiões da Alegria

IMG_7998

Para integrar ao elenco de palhaço da Associação Beneficente Cirurgiões da Alegria é preciso participar do processo seletivo que  acontece conforme ampliação do Programa Visita da Alegria para outros hospitais. Assim lançamos um edital de seleção e para participar é preciso ser palhaço profissional ou ator especializado na linguagem do palhaço, com registro na DRT (Delegacia Regional do Trabalho), possuir CNPJ (Empresa MEI, EIRELE ou outra), ou estar filiado a uma cooperativa de classe.

A seleção acontece no Espaço Cultural Cirurgiões da Alegria sede da Associação e é amplamente divulgado em nosso site, na imprensa e nas redes sociais. Os interessados devem enviar material para o endereço selecao@cirurgioesdaalegria.org.br contendo:

  • Portfólio artístico, currículo, formação artística, principais trabalhos, experiências na linguagem do palhaço, habilidades artísticas, número de documentos (RG, CIC, DRT e Cartão do CNPJ), idade, endereço e contato.
  • Carta de interesse.
  • Duas fotos – uma de “cara limpa” e outra do palhaço.
#Compartilhe